5 dicas para ser mais criativo nas suas fotografias

Não importa quem és, tu provavelmente adoras ser criativo. Muitos de nós escolhemos a fotografia para escapar do pavor de nossos trabalhos do dia e para podermos dar asasao nosso lado mais criativo.

No entanto, a questão é que muitos de nós tornam-se menos criativo à medida que envelhecemos. Como podemos permanecer criativos e reter essa curiosidade infantil que tínhamos quando eramos mais novos?

 

  1. Assuma que os outros são mais espertos que tu e nunca pares de aprender

Eu tenho uma “cabeça grande” e um grande ego. Às vezes caio na armadilha de achar que já sou um “especialista” em fotografia, que já sei bastante.

O problema é que isso me faz estagnar na fotografia. Quanto mais “especialista” eu me tornar, menos criativo sou. Quanto menos disposto estou a sair da minha zona de conforto e tentar algo novo, menos criativo sou.

Uma coisa nova que eu tenho experimentado é: supor que os outros são mais espertos, mais criativos e talentosos do que eu. Desta forma fico humilde e motiva-me a continuar a aprender, para não ficar para trás. Quando os outros criticam ou dão feedback das suas fotografias, não te defendas ou arranjes justificações, ouve, aprende e tira as tuas próprias conclusões.

 

  1. Cruzar interesses

Para mim, eu acho que a criatividade é sobre a re-combinação de idéias que já existiram antes, adicionando a tua própria personalidade e criando algo novo.

Uma das melhores maneiras de ser criativo é a cruzar idéias diferentes ou habilidades que tens.

Por exemplo, digamos que você é apaixonado por fotografia e direito. Talvez você possa combinar isso para criar uma idéia para ajudar a apoiar os direitos do fotógrafo (peço desculpa pelo fraco exemplo, mas foi o melhor que consegui arranjar).

 

  1. Veja beleza em tudo

Como fotógrafos, podemos ser mais criativos ao encontrar beleza em tudo o que vemos – imaginando e questionando-nos.

Por exemplo, se fotografas a natureza, pergunta-te: “Por que o céu é azul? Onde é que estas aves vão obter a sua comida? Como é que as plantas crescem aqui no deserto?” Se és fotógrafo de rua, tens de ser curioso sobre a vida dos outros. Pergunta-te “O que é esta pessoa vai fazer hoje? Qual é a sua história de vida? Que sentimentos ou emoções têm hoje?” Se preferires fotografar edifícios, questiona-te: “Quem projetou este edifício? Por que é que decidiram criar curvas em vez de linhas retas? Quanto mais perguntas fizeres, mais beleza encontrarás e mais criativo te tornarás.

 

  1. Faça apenas o trabalho criativo que você deve fazer

A vida é curta, porquê gastá-la a fazer coisas que não gostas? Apenas faz o trabalho criativo que tens de fazer – em vez de trabalho criativo que achas que “devias” fazer.

Quando fazes um trabalho criativo contra a tua própria vontade, estás sempre a fazer isso com um tom de ressentimento e frustração. Ouve o teu cração e segue a tua intuição criativa.

 

  1. Diverte-te

Eu nunca fui capaz de ser criativo quando minha mãe me obrigava a fazer alguma coisa. Eu odiava ter aulas de piano quando era mais novo, nunca me divertiu, e acabei por nunca ser bom nisso. Mas com a fotografia e com a escrita – eu divirto-me a fazer isto! E eu só escrevo e fotográfo precisamente por isso, porque o acto em si traz-me uma imensa alegria e prazer.

 

Conclusão

Mantém-te criativo, perspicaz e humilde – e nunca pares de aprender. Expande o teu potencial e partilha tua visão única e criativa com o resto do mundo. Não desperdices um único dia.

As sessões fotográficas de casais são a melhor forma de eternizar um momento especial

shutterstock_133463087

Muito requisitadas em Fevereiro, para celebrar o dia de São Valentim, as sessões fotográficas de casais têm ganho cada vez mais adeptos, que querem eternizar o amor através de sessões profissionais em estúdio fotográfico.

Muitos casais têm recorrido a este tipo de fotografias para celebrar aniversários de namoro, de casamento ou simplesmente porque querem decorar a casa com fotografias suas. Para este último caso, as fotografias feitas em estúdio fotográfico têm melhores resultados, pois o fotógrafo tem melhores condições para fazer o jogo entre a luz e a sombra nas fotografias. Outra das vantagens das sessões em estúdio fotográfico é a grande facilidade de troca de roupa e acessórios, possibilitando trocar várias vezes de estilo e perceber qual o mais adequado.

A sessão fotográfica a dois é direccionada para casais de todas as idades, sejam namorados, noivos ou estando já casados. O principal objectivo das sessões fotográficas de casais passa por fazer fotografias naturais e espontâneas que retratem a felicidade e a cumplicidade do casal. As sessões fotográficas de casais podem ser simples, realizadas em estúdio fotográfico, ou temáticas, realçando o casal num cenário interior ou exterior, e formando uma pequena história num local que lhes é importante.

Para que tudo corra bem, é necessário que exista um planeamento prévio entre o casal e o fotógrafo. Assim, ambas as partes conversam sobre que estilo de sessão fotográfica querem e qual o local que melhor se adequa. O planeamento é muito importante, pois é fundamental que o casal se sinta à vontade, para que o trabalho apresentado corresponda às expectativas. Uma situação importante: o fotógrafo é quem conduz a sessão fotográfica, mas este deve dar espaço ao casal para que a espontaneidade do mesmo floresça e enriqueça ainda mais o trabalho.

As sessões fotográficas de casais são uma óptima sugestão para um programa especial a dois. Assim, os casais podem passar uma tarde divertida num estúdio fotográfico ou num ambiente temático, eternizando o seu amor e a cumplicidade que os une.

5 temas para sessões fotográficas de família

shutterstock_227027890

As sessões fotográficas de família são muito procuradas e todos nós gostaríamos de ter um quadro verdadeiramente especial. Mas são muitas as dúvidas na hora de escolher o tema, o vestuário e o género de fotografias pretendidas. Deixamos-lhe aqui cinco sugestões de temas que poderão servir de inspiração para a sessão fotográfica da sua família.

1) O jogo das personalidades ou dos hobbies: Procure introduzir na sessão fotográfica elementos que caracterizem os gostos e os hobbies de cada elemento da família. Se tem uma filha bailarina, porque não fotografá-la com um tutu numa posição de dança? Se o seu marido toca algum instrumento, coloque-lhe a guitarra na mão ou sente-o ao piano. Não caracterize os seus familiares da cabeça aos pés. Procure misturar alguns elementos alusivos à personalidade de cada um, mas mantenha-os vestidos com roupas casuais. O resultado serão fotos muito divertidas e criativas.

2) O Natal: É um tema tradicional que resulta sempre. Vista todos a rigor para a época das festas. O ideal é realizar a sessão fotográfica na sua própria casa. Tire uma fotografia tipo “Família Real” junto da árvore de Natal, para enviar aos amigos e familiares. As fotografias em redor de uma mesa de Natal bem decorada ou que simulem a troca de presentes também ficam fantásticas, sobretudo por serem bastante coloridas e realçarem o espírito de família.

3) A praia: Com roupas casuais ou em trajes de banho, simule um ambiente de brincadeiras na água e na areia. A construírem castelos, aos saltos no mar ou abraçados na praia, todas estas fotografias são encantadoras e, se tirar algumas a preto e branco, verá que o contraste das cores fica fabuloso!

4) Parque de diversões: Esta sessão poderá ficar mais cara, porque implica a deslocação a um parque de diversões, para além do pagamento da entrada do fotógrafo profissional, mas garantimos-lhes que o ambiente dos divertimentos, pipocas, algodão doce e tudo o mais vai produzir fotos sensacionais. O fotógrafo poderá ajudar-vos a escolher as poses mais adequadas e as crianças vão adorar.

5) O branco: Uma ideia recentemente explorada e bastante diferente são as fotografias em branco total. Vista todos os elementos da família de branco, dirija-se ao estúdio e tirem fotografias descalços e em diversas poses. Em algumas fotografias, poderá introduzir alguns elementos, como balões brancos, velas brancas ou lanternas brancas. A imaginação é o limite.

A tecnologia não substitui o trabalho do fotógrafo profissional

shutterstock_152624879

Com a evolução da tecnologia, a verdade é que grande parte das pessoas passaram a ter acesso a máquinas fotográficas digitais de alta qualidade e o recurso ao tradicional fotógrafo profissional diminuiu.

Além do acesso à tecnologia, que permite tirar fotografias em qualquer lugar  – precisando, na maior parte dos casos, apenas de um telemóvel – as sessões fotográficas de preços elevados também foram um dos motivos que levou grande parte das pessoas a deixarem de lado o trabalho do fotógrafo profissional, preferindo tirar elas mesmas as fotografias e economizar muito dinheiro.

Afinal, se fizermos as contas, as sessões fotográficas caseiras tinham um preço mais alto com as tradicionais máquinas analógicas, porque era sempre preciso revelar os rolos fotográficos, e, agora, através das máquinas digitais, já nem sequer é preciso recorrer ao fotógrafo profissional.

No entanto, é ainda comum haver sessões fotográficas com preços altos, e são sempre muito requisitadas, pois as fotografias que podemos tirar são demasiado amadoras para momentos especiais como: casamentos, baptizados, festas de aniversário, sessões fotográficas para grávidas, etc. Como ainda é indispensável o recurso a fotógrafos profissionais para este tipo de serviços, torna-se necessário recorrer a um investimento deste género de forma a obter um produto com a qualidade desejada.

Para termos uma ideia, um fotógrafo de casamento costuma cobrar entre 500 euros (por um álbum analógico com 150 fotografias) até 1300 euros (por um álbum digital com 120 a 170 fotografias, 1 tela e 1 dvd com as fotografias). Já no caso de sessões fotográficas em baptizados, os preços vão desde os 300 euros (por 6 horas de reportagem e 200 imagens em dvd) até aos 600 euros (por 2 dvd’s com 300 fotografias, mais 300 fotografias impressas e um álbum).

Talvez a evolução das máquinas fotográficas nunca consiga chegar ao excelente trabalho do tradicional fotógrafo profissional e, por isso, o seu trabalho ainda é tão requisitado, mesmo com sessões fotográficas de preços altos. Ainda não é habitual vermos casamentos sem um fotógrafo profissional e talvez não o será num futuro próximo, porque, embora exista muita tecnologia ao nosso alcance, nenhuma máquina consegue substituir o trabalho de um profissional dedicado.